Como rezar o Terço da Divina Misericórdia

O terço da divina misericórdia é uma prece que foi escrita no ano 1.935 a mediados do mês de setembro.

A pessoa quem o escreveu foi a irmã Faustina.

O acontecimento pelo qual ela escreveu o terço da divina misericórdia foi o seguinte.

Um dia ela teve uma aparição de Jesus Cristo em forma de anjo. Nessa aparição, Jesus anunciava que o mundo iria melhorar.

Então, segundo a irmã Faustina ia rezando diante de Jesus, escrevia ao mesmo tempo uma prece. Essa prece é o terço que hoje conhecemos.

Como rezar o Terço da Divina Misericórdia passo a passo

Deixamos aqui um vídeo para que possa ver com maior facilidade como rezar este terço.

Simplesmente acompanhe a reza do vídeo.

A continuação pode ver em escrito como rezar o terço da misericórdia passo a passo.

O primeiro que você tem que fazer é orar o Pai Nosso, seguidamente o Ave Maria e logo o Credo.

Depois, com ajuda de um rosário, diga as seguintes preces segundo as diferentes contas do mesmo.

rosario

Ore nas contas grandes

Eterno Pai, eu Vos ofereço o Corpo e o Sangue, a Alma e a Divindade de Vosso muito amado Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo, em expiação dos nossos pecados e dos pecados de todo o Mundo.

Ore nas contas pequenas

Pela Sua dolorosa paixão, tende Misericórdia de nós e de todo o Mundo.

No final de cada dezena reze

Ó Sangue e Água que jorrastes do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós: eu confio em Vós!

Ao final do terço ore 3 vezes o seguinte, fechando com um Amém

Deus Santo, Deus Forte, Deus imortal, tende piedade de nós e de todo o Mundo.

Por que rezar este terço?

O terço foi um ensinamento de Jesus para a irmã Faustina, onde lhe pediu que implorasse pela sua misericórdia, fazendo ênfase nos pecadores. Acima disso, disse-lhe:

“As almas que divulgam o culto da Minha misericórdia Eu as defendo por toda a vida como uma terna mãe defende seu filhinho e, na hora a alma nada tem para a sua defesa, além da minha misericórdia, porque não será atingida pela justiça.” (Diário 1075)

Você pode visitar outros sites especializados em orações para ver como rezar as deferentes preces, e assim conseguir a graça que você deseje ou precise. Sempre e quando seja conforme a vontade de Deus.

Se gostou da história e as dicas de como rezar este terço, compartilhe com seus amigos.

Que Deus lhe abençoe.

Por que vamos na Igreja no Domingo?

A religião está fortemente ligada ao estilo de vida dos brasileiros. Milhões deles seguem religiões e a maioria segue religiões de base cristã.

O interessante é que uma parte considerável de pessoas que seguem essas religiões também seguem a risca seus costumes.

O problema é que muitos deles não entendem o porque certos costumes são do jeito que são, por isso neste artigo vamos ajudar a terminar essa ignorância falando sobre um dos costumes mais comuns nas religiões de base cristã: ir a igreja aos domingos para rezar.

Então porque vamos na igreja no Domingo?

velhas

Bom a origem da confusão ao redor deste tópico parte da ideia que existe em torno do sábado judaico.

Basicamente, para aqueles que não estão cientes do que se trata, Deus trabalhou 6 dias para construir este mundo e no 7º dia ele descansou.

A partir dai, algumas pessoas consideram que o sábado deveria ser guardado para a igreja enquanto o Domingo deveria ser tratado como o primeiro dia da semana.

O que essas pessoas não entendem ou não percebem é que o senhor Jesus Cristo ressuscitou no Domingo, o primeiro dia da semana.

Assim, para os cristãos, ou melhor, para os católicos, o Domingo é o verdadeiro dia do senhor.

Existem ainda certas passagens bíblicas que reforçam a ideia de que o Domingo é o dia em que a missa deve ser celebrada.

Como em Apocalipse (1,10) onde S. João diz: “No dia do Senhor (domingo), fui movido pelo Espírito…”.

Ou como em Atos dos Apóstolos (20,7): “No primeiro dia da semana, estando nós reunidos para a fração do Pão…”. Nesta última passagem “fração do pão” é o equivalente a Eucaristia.

Então, a partir dessas simples passagens já se pode concluir o porque o Domingo é o dia do senhor.

Conclusão

A confusão em torno do Domingo como dia de celebração da missa, ocorre graças ao apego a ideia de que o 7º dia é o dia em que o senhor criador descansou e portanto deveria ser o dia de celebração da missa.

Entretanto, como já vimos, diversas passagens bíblicas apontam o primeiro dia da semana, o Domingo, como o dia do Senhor.

Como surgiu o terço da divina misericórdia

Uma das orações mais emblemáticas da fé cristã é sem sombra de dúvidas “terço da divina misericórdia“, boa parte disso por causa da origem deste terço e é sobre isso que vamos falar hoje.

Mas antes de explicar a origem deste terço, é necessário contar a história da Santa Faustina Kowalska e para você entender melhor a sua história é necessário explicar uma coisa…

O que é um Medium?

Trata-se de uma pessoa que consegue se comunicar com os dois mundos, o mundo dos humanos e o mundo dos espíritos.

A mediunidade já é objeto de estudo científico há um bom tempo. Então, como isso se relaciona com a Santa Faustina Kowalska?

A história da Santa Faustina Kowalska

A Santa Faustina Kowalska nasceu em 1905 vinda de uma família pobre da Polônia. A igreja católica sempre esteve presente na sua vida, com apenas 9 anos de idade ela fez sua primeira comunhão.

Com 18 anos de idade pela primeira vez ela mostrou interesse em entrar em um convento mas os seus pais não permitiram.

Apenas ao 19 anos o rumo de sua vida iria mudar, quando estava em um baile com a sua irmã ela viu Jesus coberto de chagas.

Sabendo que esse era um importante sinal, ela rapidamente se dirigiu a uma catedral e pediu orientações, nesse momento uma voz a disse para entrar em um convento em Varsóvia imediatamente.

Jesus misericordioso se apresenta

terço divina misericordia

Em 1931, de acordo com os relatos presentes no diário da santa, Jesus Cristo se apresentou para ela vestido de branco e com feixes de luz saindo do seu coração.

Jesus Cristo teria feito alguns pedidos para a Santa, entre eles, uma pintura de sua imagem, da mesma forma como se apresentava para ela.

A Confissão com Miguel Sopocko

A primeira pessoa para quem a Santa comentou sobre os acontecimentos foi o beato Miguel Sopocko que ao ouvir o relato da Santa exigiu que a mesma fizesse uma avaliação psiquiátrica.

A Santa aceitou ser submetida a tal avaliação e no final tal procedimento acabou por considerá-la completamente sã. Após isso, o beato Miguel Sopocko começou a ajudar a Santa.

O Terço da Divina Misericórdia

A Santa Faustina Kowalska teve várias visões de Jesus Cristo. Em uma dessas aparições Jesus ensinou a santa o terço da divina misericórdia.

Jesus teria dito a santa que tudo o que fosse pedido através do terço da divina misericórdia seria concedido.

Anos após a sua morte, a Faustina Kowalska foi considerada santa pela igreja católica.

Porque é costume rezar na Igreja?

Nas religiões com base na fé cristã, existe um elemento comum e muito forte, a oração.

Neste artigo vamos falar um pouco sobre os motivos por trás do costume de rezar na igreja e porque isso existe e não é algo para ser feito apenas em casa.

Mas antes é necessário explicar uma coisa…

O que é rezar?

porque rezar

Rezar ou o ato de recitar uma oração em voz alta ou não, é simplesmente o equivalente a conversar com Deus para os que acreditam.

Em outras palavras, rezar, orações e terços, é o mesmo que entrar em contato com a força divina criadora.

Porque Rezar?

O motivo por trás da oração pode variar e muito. As vezes trata-se de um agradecimento, as vezes um simples louvor.

Porque é costume rezar na igreja?

Segundo as escrituras sagradas, Deus é onipresente, ou seja, ele está em todos os lugares. Isso pode levar alguns a seguinte conclusão: Posso rezar em qualquer lugar e serei ouvido. Isto não deixa de ser verdade.

Para ser mais específico, em Mateus 18:20 Jesus Cristo disse

“Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.”

Entretanto, existem passagens bíblicas que reforçam a ideia de rezar dentro de igrejas.

Hebreus 10:25:

“Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas procuremos encorajar-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia”.

Sendo assim, a bíblia encoraja que as pessoas frequente a igreja e rezem na mesma. A pergunta é porque?

Nesta mesma passagem, Hebreus 10:25, vemos que o ato de ir até uma igreja e rezar na mesma é importante porque encoraja e fortalece as pessoas.

Quando vemos um irmão na igreja, nos sentimos compelidos a continuar na mesma.

Este pode ser considerado como o primeiro objetivo de ir a igreja e rezar na mesma.

O segundo objetivo por trás do costume de rezar na igreja é explicado também na passagem Hebreus 10:25:

“ainda mais quando vocês veem que se aproxima o Dia”.

Seria uma atividade necessária para preparar as pessoas para “o Dia”, que é interpretado como a aguardada volta de Jesus Cristo a terra.

Agora você sabe o que está por trás do costume de ir a igreja e rezar na mesma.

5 razões pelas que ir à Igreja

Eu acredito que ir à igreja é algo que é extremamente valioso, é extremamente importante e é algo que deve ser praticado por qualquer um que afirma ser um seguidor de Cristo.

Um seguidor de Cristo deve frequentar regularmente a igreja. Sem contar os tempos que você pode perder por férias ou por ter alguma doença leve ou um compromisso de trabalho, você deve estar na igreja.

A Igreja não é algo que você faz individualmente, é algo que você faz coletivamente. Ser um seguidor de Cristo não é algo que você faz por si mesmo, é algo que você faz junto com outras pessoas.

Somos o que a Bíblia chama de “família de Deus“. Uma família é, por sua própria natureza, interdependente. O que significa ser parte de uma igreja local é que você é interdependente com outras pessoas em sua igreja.

Há fortes razões pelas quais você deve ir à igreja regularmente.

Mas antes de ver as 5 razões, neste site você poderá achar a Igreja que fica mas perto de você.

É o que Jesus fez

Lucas 14: 6 diz:

“Jesus voltou a Nazaré, onde foi educado e, como de costume, foi ao lugar de reunião no sábado.”

A Bíblia nos diz que “como de costume” ou outra tradução da Bíblia diz

“Como era Seu costume Jesus foi para o local de adoração.”

Isso está de acordo com a obediência a um dos Dez Mandamentos que é:

“Observe o Sábado, mantendo-o santo.”

Quando dizemos que somos seguidores de Cristo, devemos fazer o que Jesus fez. O que Jesus faria? Jesus iria à igreja e nós, como seguidores de Cristo, deveríamos
fazer o mesmo. Se levarmos a sério nosso seguimento de Cristo, então devemos ir à igreja regularmente.

É um bom hábito

Hebreus 10:25 diz:

“Algumas pessoas saíram do hábito de se reunirem para adoração. Mas não devemos fazer isso. Devemos continuar a encorajar uns aos outros, especialmente porque você sabe que o dia da vinda do Senhor está se aproximando.”

A Bíblia nos diz que há um bom hábito de ir regularmente à igreja. Na maioria das vezes quando pensamos em hábitos pensamos maus hábitos, mas também há bons hábitos.

Alguns desenvolveram o mau hábito de não ir para a igreja. Talvez você tenha saído do hábito ou talvez você ainda tem que desenvolver o hábito de frequentar regularmente a igreja.

O Domingo de manhã oferece um monte de opções:

  • dormir até tarde
  • ler o jornal tranquilamente
  • sair a caminhar pelo parque
  • ficar em casa assistindo TV

Os bons hábitos abençoam sua vida e produzem resultados positivos. Quando você pratica o bom hábito, como frequentar regularmente a igreja, você pode conseguir resultados muito bons.

É um exemplo positivo

Quando você vai a cada domingo, você está dando um exemplo. Você está dando um exemplo que outras pessoas percebem.

É um exemplo que se torna uma inspiração para os outros. As pessoas que estão tentando melhorar suas vidas, as pessoas que querem uma mudança positiva serão afetadas pelo seu exemplo. Um exemplo de alguém que está comprometido com a comunidade cristã.

Para aqueles de vocês que estão casados, é um exemplo positivo para o seu cônjuge.

Para aqueles de vocês que têm filhos, é um exemplo absolutamente positivo para seus filhos saberem que no domingo você vai à igreja.

Para as pessoas ao seu redor, sejam seus amigos ou seus colegas de trabalho, a família, quando eles vêm que você tem um compromisso que está lhe está ajudando a viver uma vida melhor, é um exemplo positivo que outras pessoas podem seguir.

É importante para a comunidade

Olhe novamente o que a Bíblia diz:

“Alguns se livraram do hábito. Não devemos fazer isso. Devemos continuar a encorajar uns aos outros.”

A igreja é um lugar encorajador, e como não todos nós precisamos de encorajamento.

Além disso, bem sabemos que a vida é muito dura é difícil. Todos nós enfrentamos vários tipos de desafios;

  • Problemas de saúde
  • problemas financeiros
  • conflitos dentro de nossas famílias.

Temos a oportunidade de encorajar uns aos outros e isso faz parte da igreja. O culto de domingo é onde a comunhão começa. Estar em aulas, grupos e servir é onde você começa a conhecer as pessoas em um nível mais profundo.

Mas começa no domingo, o ponto de lançamento da comunhão e da comunidade está nos cultos. Todos os domingos que você vem, vai haver pessoas que estão procurando por você, se perguntando se você está lá. As pessoas vão sentir sua falta. E quanto mais e mais consistentemente você vier, mais você será necessário na comunidade. Porque quanto mais você está na igreja, quanto mais você está envolvido, mais as pessoas sentem falta de você e percebem que você não está por perto. É uma coisa maravilhosa ser parte de uma igreja local, é como ter uma família muito maior.

É essencial para o crescimento pessoal

É absolutamente essencial para o crescimento espiritual frequentar regularmente a igreja.

Eu tenho esta frase, “O serviço que você perde é o serviço que você precisa.

Cada serviço é adaptado e projetado para maximizar sua adoração de domingo para que você possa sair com a melhor experiência espiritual possível. Você pode louvar e adorar a Deus e você pode aprender coisas que você não sabia antes. Você será desafiado. Você vai ser motivado. Pois a Igreja é onde você será inspirado a ir mais alto do que você nunca foi, a viver uma vida que é melhor e maior.

Por quê devemos orar antes de dormir?

É bem provável que você já se perguntasse isso alguma vez na sua vida.

As preces tem poder. Pois uma das formas surpreendentes e críveis de falar com Deus é através da oração. Daí que a mesma seja uma solução definitiva para as nossas necessidades, sonhos e problemas.

Os profetas vieram às nossas vidas para orar por nós, ser nossa orientação e mentores. Porque rezar é a única maneira e nenhuma outra maneira, para conseguir poderosos milagres.

Utilizamos a oração para estabelecer nosso relacionamento com Deus. Assim como para muitos outros propósitos:

  • para pedir o perdão dos nossos pecados.
  • pelos nossos amigos, família e os outros.
  • por aqueles que não conhecem a Deus.
  • pelos nossos líderes mundiais.
  • por ações de graças e louvor.
  • para nos dar direção, sabedoria e conhecimento.
  • pela provisão de Deus.

É assim que a oração é a forma ideal de falar com Deus. Podemos simplesmente orar em nossa palavra, sempre desde que ela venha de nosso coração com boas intenções.

Conhecemos a palavra “oração“, mas ainda há muitas pessoas que não sabem como aplicá-la na suas vidas.

Na realidade, estamos sendo conquistados dos dias ocupados:

  • ocupado no trabalho,
  • ocupado preparando o pequeno-almoço todas as manhãs para os nossos filhos,
  • ocupados com o celular,
  • ocupados procurando formas de ganhar dinheiro.

No final sempre esquecemos de buscar a Deus.

Deus diz:

“Buscai primeiro no Reino de Deus, e a sua justiça e todas estas coisas vos serão acrescentadas”

Deus ouça todas as nossas orações, já sejam pequenas ou grandes, pois Ele não tem limitações para respondê-las.

Sua oração pode ser bem simples, desde que você saiba a quem está orando e o faça com humildade e fé.

Quanto mais específica for a sua oração, maior será a chance de ser respondida.

Por exemplo:

  • Ore por uma nova casa onde você possa ter uma vida confortável.
  • Ore se você deseja ser um professor ou um médico.
  • Ore por ter uma vida de prosperidade.

Você também pode mencionar o quanto deve ser de específico, e Deus fará um caminho sobre como você pode ter respostas para essa oração.

deus o salvador

Como acreditamos que todas as nossas orações estão sendo ouvidas por Deus?

Confie e deixe que ela seja feita por Ele. Evite medos e preocupações, porque isso mostra crenças infiéis. Quando lhe chame, confie nele completamente, deixe-lhe fazer.

Agora, quando você começa a submeter suas orações, você se abre para o mundo da vitória e do sucesso. Você se abre para a possibilidade de ver sua oração respondida, mesmo se você ainda não a fizera. Vai perceber que estava sendo concedido e projetado.

Deus é um bom provedor

Quando ore, peça súplica. Pois mesmo que Deus projetasse todas as coisas que precisamos, mas ainda precisamos pedir e orar a Ele.

Ainda podemos pedir tudo o que precisamos e às vezes temos desejos que Deus só concede de acordo com sua Vontade.

Se tiver um pedido especial de súplica, tente ser específico para que possa obter uma resposta específica de Deus. Se você quiser comprar um laptop, em seguida, pedir a quantidade exata de dinheiro para compra-lo. Se quiser mais alimentos deliciosos, em seguida, pedir súplicas.

Lembre-se quando você ore e peça muitas coisas a Deus, trabalhe para conseguir isso.

Faça o seu melhor para torná-lo possível. Se for a vontade de Deus, então que seja feito. Não basta perguntar sem qualquer ação.

As orações podem mudar as coisas. Quanto mais ore, mais poderosa sua oração poderá ser. Ore de coração e dirija sua oração diretamente ao nome de Jesus.